Conheça as Técnicas do Vale do Silício

Berço das maiores empresas de tecnologia e inovação do mundo, o Vale do Silício possui muitas técnicas interessantes que são adotadas por grandes empresas como a HP, Apple, Google, Uber, Netflix etc.

É muito importante aprender com os grandes quais as estratégias que eles utilizam para inovação. Além disso, devemos considerar que este sucesso tem “pessoas” como responsáveis por estas idealizações.

É fato que as empresas são feitas de pessoas, pois são elas que produzem ideias e as colocam em prática. É neste sentido que devemos entender que a inovação deve fazer parte da cultura organizacional de todas as empresas.

Vale do Silício: O que é?

“Vale do Silício” tem este nome por dois motivos: primeiro, devido à geografia do lugar que realmente é um vale; depois por ter o silício com abundância na região e que é matéria-prima para produção de circuitos e chips eletrônicos.    

E o silício que trouxe a fama para a região, pois muitas empresas de semicondutores se instalaram e movimentaram a economia, transformando aquele local em um centro de empresas de tecnologia.

Além do mais, as empresas dali perceberam a necessidade de adotar a inovação em todos os segmentos da empresa, não focando só nos produtos, mas em serviços, em processos internos, marketing etc.

E o diferencial que possuem está em suas metodologias, não apenas nos equipamentos excepcionais que fizeram ou no lançamento de serviços que se tornaram essenciais em nossas vidas.

Afinal, quais são as técnicas do Vale do Silício?

Agora vamos focar especificamente nas técnicas de inovação que ajudarão a empresa a inovar mais e melhor. São elas:

1.    OKR (Objetivos e resultados-chave, em português) – conheça a metodologia do Google para trabalho em equipes: Os objetivos (o que deve ser feito) e os resultados-chave (como deve ser feito).

É necessário que cada colaborador conheça as suas metas e a dos outros (transparência), alinhar os objetivos da empresa com os dos colaboradores (resultados diretos), entre outros aspectos.

2.    Sprint – esta metodologia virou até livro e é utilizada pelo Google. Funciona assim, testa-se projetos em apenas cinco dias, realiza-se um protótipo para evitar gastos desnecessários, caso fracassem.

3.    Gamestorming – Muito dinâmico e criativo, este é um jogo no ambiente de trabalho para melhorar a produtividade. Aliás, o conceito de unir tarefas a jogos, chegou também ao meio educacional para melhorar o aprendizado.

Conclusão

Obviamente que aqui mencionamos apenas algumas metodologias, existem muitas outras que podem melhorar o processo de criatividade e de inovação, no entanto, o nosso artigo ficaria muito extenso.

Por isso, indicamos que caso você se interesse pelo assunto, você pode se aprofundar mais sobre as metodologias que são praticadas no Vale do Silício ou em outros centros tecnológicos ou empresariais de grande relevância.É importante esclarecer que as práticas das técnicas do Vale do Silício só deram certo, porque eles não têm medo de arriscar, pois o medo em si já pode ser um verdadeiro inibidor de ideias, então, não tenha medo e arrisque-se.

admin

Empresa de soluções WEB, sistemas e sites, para facilitar a comunicação e a prestação de serviços de nossos clientes. Atendendo clientes em todos os estados do Brasil.